Não Há Luz Comigo, Somente ao Meu Lado


Eu não sou merecedor:
Respiro cada dia e percebo isso cada vez mais.
Não Há Luz Comigo, Somente ao Meu Lado.

Eu não sou merecedor:
não mereço minha vida,
meus amores,
minha filha,
oportunidades e chances.

Não sou merecedor.
Não mereço alegrias,
afagos,
doçuras ou sorrisos.

Inspirar é um peso,
sou sugado para a escuridão.
Expirar é só dor,
que vontade de conclusão.

Não quero palavras amigas,
eu só mereço dor.
Sou o imã que absorve o que há de mal no mundo

Não consigo sentir felicidade,
nem mesmo quando a tenho.
Me sinto infeliz por não ser merecedor desta felicidade.

...ou não...

Nas causalidades e no falibilismo,
estou apenas energizado pelo negativo.

quero silêncio,
quero solidão,
quero não querer...

quero acabar

não posso acabar

as pessoas que amo, e me amam,
não podem sofrer pela minha ausência.

continuo por elas,
não por mim.

seguir é sofreguidão;
viver, um fardo.

espero nas próximas páginas deste livro,
que escrevo todo dia e noite,
merecer um pouco,
só um pouco,
de luz.