Palavra do dia #6 – DISCERNIMENTO

Ser capaz de apreciar, distinguir, discriminar através de quaisquer ou todos os sentidos, isto é discernimento. Discernir é uma característica extremamente difícil de desenvolver por que depende dos pré-conceitos e do respertório da pessoa que tenta desenvolvê-lo.

Dircernir está intimamente ligado a julgar, ou seja, através de dados e informações vocÊ deve escolher qual a melhor descrição ou opção para um determinado assunto. Em uma discussão sobre algo, pontos divergentes são dados e o discernimento deve imperar.

Discernir não é escolher um meio-termo para os impasses, mas sim dar a vitória para o certo e a derrota para o errado; não significa tratar com justiça, mas sim aplicar a lei.

Como seres humanos temos um hábito bastante curioso que é a interpretação, e é exatamente ele que complica o discernimento. Envergamos as leis, compreendemos as coisas de formas diferentes para tentar aplicar justiça, e não a lei. O Certo e o Errado sempre são relativos.

Não acredito em meias verdades, já que elas são mentiras inteiras; mas aplicar o peso da lei sobre todos, também não acho ser o correto. Quem sabe nos tornarmos seres mais complexos através da ampliação das nossas capacidades seja a resposta. Ser um humano mais tolerante, é o nosso verdadeiro caminho para o discernimento.

Nenhum comentário: