Mais Discussões e Mais Naruto

Nos últimos dias, devido a situações da minha vida pessoal e profissional, tenho pensado muito nas minhas escolhas e no que está acontecendo o mundo a minha volta. Pensei especialmente na minha posição humana de erguer a cabeça e continuar buscando soluções, evitando possíveis abalos morais. Lembro-me do título de um “Sessão da Tarde” – Desistir Nunca.Render-se Jamais, com o baixinho belga Jean Claude Van Damme.

Hoje em especial antes de uma caminhada extremamente proveitosa aconselhei-me com uma velha amiga minha. A Televisão. Na verdade não é só a TV que é minha amiga, sempre que estou me questionando sobre a vida e o universo busco amparo nos meus livros, músicas e imagens inspiradoras. Porém hoje foi ela que me aconselhou, na verdade me relembrou e abriu-me os olhos para o que realmente sou e me interesso: Vencer o Invecível.

Em uma parada no canal de assinatura Cartoon Network fiquei entretido com o desenho japonês (anime) da moda, chamado Naruto. Eu já o acompanho e gosto bastante, mas vez por outro sou surpreendido pelos temas tratados pela animação. Hoje o tema foi superação, não desistir diante aos empecilhos e nunca deixar de buscar suas crenças.

Estes ensinamentos que são passados para crianças parecem perder-se com a adolescência, são pouco aproveitados ou a maturidade da infância ainda não é suficiente para a compreensão.

Sempre fiquei magoado quando me chamavam de moleque ou criança… Hoje vejo como um elogio…

Sou um grande homem, com espírito infantil e apaixonado por aqueles personagens da vida e da ficção que lutam contra todas adversidades.

Vejo agora claramente. Não há problemas, encontramos soluções; ou a frase que tenho usado ultimamente “O que vale na vida é a jornada, não o destino”.

Dificuldades, tremei, renasci novamente recriado.

Poema Colaborativo

Estou tentando uma experiência na Web e gostaria de convidar o maior número de pessoas possível para isto. Meu público é pequeno e restrito, mas eu realmente quero tentar algo diferente.

Estou propondo um Poema Colaborativo no Twitter que será indexado através de hash tags. Você escreve um verso ou estrofe usando o que foi lido por último e insere a hash tag na postagem.

http://twitter.com/#search?q=%23DoQueSaoFeitosOsHerois

O tema que iniciei a pesquisa é “Do que são feitos os Herois”?

Pode parecer infantil, mas é um questionamento sobre o humano e a humanidade, como todos nós somos verdadeiros heróis ou vilões nos nossos dias e noites, atos e atitudes, carinhos e desprezos.

Não sei quem vai participar, mas eu vou escrevendo…

Nosso poema não precisa ter fim, ele se inicia onde a paixão e o sentimento nascem em você, seja na mente ou na alma.

Não deixe de participar!

O Vazio Profundo da Mente Confusa

Cheguei novamente a uma conclusão devastadora para minha alma. Sou um ermitão.

Gosto do prazer de sentir idéias novas aflorarem em minha mente, sempre desordenadas e com quantidade, intensas e muitas vezes desconexas da realidade, mas sempre com qualidade argumentativa. Passo horas discutindo comigo mesmo.

Realidades alternativas, histórias fantásticas, personagens de ficção mais reais que as pessoas com que converso todos os dias… Soluções para o insolucionável, razão para a sensação… Tudo passa por mim com se eu fosse possuído pelo desejo e pela volúpia do tudo saber. Uma criança que responde a tudo, somente usando a imaginação.

…tudo devido a solidão…

O prazer de poder pensar em silêncio hoje foi abalroado pela pura verdade, estou disposto a entregar tudo isso por amor.

Como alguém em um filme de ação, ou comédias pastelões da “Sessão da Tarde” pode emocionar-se com cenas manjadas? Sensação pura de vazio… quem se ama não está ao lado.

Para que vencer? Por que existir…?

este texto é mais um lapso do espaço tempo…. palavras jogadas ao vento que causarão reflexos e nunca mais voltarão de onde vieram… da fossa abissal da minha alma, sozinha, fria e dura.

Pouco será entendido aqui, e assim deve ser; quem entende compreende e empreende ao futuro – quem escreve, descreve de leve onde esteve no aclive que teve.

Do que são feitos os Heróis – eu perguntareis.
Minha resposta mais objetiva?
…De nós…

mesmo no vazio de não sermos com quem gostamos