Nova lei do estágio

Nos últimos dias, muito tem sido falado sobre a nova lei que regulamentará os estágios no Brasil. Basta apenas o presidente Lula aprovar o texto para que ela entre em vigor.

Pensando como o estagiário que um dia fui, achei ótimo! Desta forma o estudante que se esforça passa a ser reconhecido e tem chances reais de ser efetivado na empresa, já que ele passa a ter um custo para empresa, valendo mais a pena efetivar alguém treinado, do que dispensar um profissional em formação de custo muito baixo quando ele precisa ser contratado.

Porém, pensando como empresário que hoje sou, não sei qual é a vantagem em contratar alguém crú, que deverá ser treinado e receber bolsa-auxílio e todos os benefícios de um funcionário tradicional. Com a grande quantidade de profissionais no mercado, vale mais a pena pegar alguém já "pronto".

Sei que este pensamento é meio capitalista, e não é o que eu defendo. Acho que TODOS devem ter usa chance e oportunidades de crescimento, porém tenho certeza que muitos profissionais focados apenas em lucros e não na melhoria das condições de vida da comunidade pensarão desta forma.

Podem esperar, empresas burlarão esta lei de outras formas.

Eu continuo a acreditar no poder e força de vontade do jovem!

Leia a matéria do UOL

Nenhum comentário: