Palavra do Dia #325 - Fa Jin (發勁)

Você já ouviu falar de Fa Jin (發勁: poder explosivo)? Li esta matéria e me flagrei pensando na vida.

É um conceito difícil de explicar e fácil de se observar. Ele é aquela energia a mais no final de um golpe ou impacto, o movimento de estalo do chicote, o arremesso do estilingue.

Relaxar e em seguida tensionar no momento certo. Esta é a essência e a receita para o Fa Jin. Relaxamento leva a leveza e velocidade, a tensão fortalece para o impacto e o momento certo é o timing perfeito para aplicação do movimento.

Uma descarga brusca de energia ch'i, sem esforço físico aparente. A Energia fluindo através do corpo e sendo manipulada para amplificar a força, o sentido e a direção das nossas ações.

Fa Jin faz parte do kung fu, e como tal, está em tudo.

Cada movimento e pensamento das nossas vidas precisa desta catapulta para ser realizado da melhor maneira possível.

Uma tese de mestrado? Precisa de Fa Jin.

Conquistar e manter a pessoa que se ama? Constante Fa Jin.

Aprender a conviver com as pessoas? Um eterno Fa Jin.

Cada dia a mais que estudo Kung Fu, aprendo que a vida é fazer o melhor de você.

Palavra do Dia #76 - Existência

Você já pensou sobre o que é a "Existência"?

Recebi um link hoje, com a definição deste termo segundo uma citação de C.S.Peirce, e me flagrei pensando no que é a "existência"; o que é "existir".

Existir é metafísico... estar em relação... reagir. Somos singulares e nossa existência é única por que nossas relações, ações e reações acontecem simplesmente pois estamos ali, naquele lugar, com aquela coisa, com aquele alguém. Em um discurso, e cada um deles é singular, fazemos conexões (as tais relações) com diversos outros assuntos. Signos conectando-se à outros signos.

As Redes Complexas que tecem nosso cotidiano e muito em comum possuem com a formação molecular dos seres (se não tudo em comum) são a materialização do que é existir: Ser um nó (vértice ou ponto) que se conecta pelas ligações (arestas) a outros nós. Sempre estamos conectados com outros nós, mesmos que não saibamos... seis nós de distância de qualquer coisa.

Existência para mim é fazer a diferença (preferencialmente positivamente) na vida dos outros, pensando metafisicamente, posso ser a diferença para o Universo em que estou inserido, já que estamos todos de alguma forma ligados se existimos.

-> citação original

…the term existence is properly a term, not of logic, but of metaphysics; and metaphysically understood, an object exists, if and only if, it reacts with every other existing object of the same universe. But in the definition of a logical proper name, exist is used in its logical sense, and means merely to be a singular of a logical universe, or universe of discourse.

-> tradução livre
... O termo existência é um termo, não da lógica, mas da metafísica; e a metafísica compreende que um objeto existe, se e somente se, ele reagir com qualquer outro objeto existente do mesmo universo. Mas na definição de um nome lógico adequado, existir é utilizado no seu sentido lógico, e destinado apenas para ser um singular de um universo lógico, ou universo de discurso.

Retirado de:
Peirce, Charles S. (1905 [c.]). The Basis of Pragmaticism. MS [R] 280

via Commens:
[http://www.commens.org/dictionary/entry/quote-basis-pragmaticism-29] por Mats Bergman



Não Há Luz Comigo, Somente ao Meu Lado


Eu não sou merecedor:
Respiro cada dia e percebo isso cada vez mais.
Não Há Luz Comigo, Somente ao Meu Lado.

Eu não sou merecedor:
não mereço minha vida,
meus amores,
minha filha,
oportunidades e chances.

Não sou merecedor.
Não mereço alegrias,
afagos,
doçuras ou sorrisos.

Inspirar é um peso,
sou sugado para a escuridão.
Expirar é só dor,
que vontade de conclusão.

Não quero palavras amigas,
eu só mereço dor.
Sou o imã que absorve o que há de mal no mundo

Não consigo sentir felicidade,
nem mesmo quando a tenho.
Me sinto infeliz por não ser merecedor desta felicidade.

...ou não...

Nas causalidades e no falibilismo,
estou apenas energizado pelo negativo.

quero silêncio,
quero solidão,
quero não querer...

quero acabar

não posso acabar

as pessoas que amo, e me amam,
não podem sofrer pela minha ausência.

continuo por elas,
não por mim.

seguir é sofreguidão;
viver, um fardo.

espero nas próximas páginas deste livro,
que escrevo todo dia e noite,
merecer um pouco,
só um pouco,
de luz.

Brasil, Pátria Educadora!



Pensando um pouco nesta Campanha que o Governo brasileiro adotou no segundo mandato da Presidenta Dilma iniciado em 2015, percebi que realmente a afirmação é verdadeira a muitos anos.

Eu aprendi que não adianta esperar nada do seu país, motive-se para ajudar os outros e conseguir através do seu esforço o que você busca.

Aprendi também que somos acostumados a ganhar muita coisa, esperar que os sonhos caiam em nossos colos.

Hoje não acredito mais em posições; esquerda, direita ou centro. Também aprendi que o Capitalismo e o Socialismo estão atrasados, assim como o Comunismo e o Anarquismo.

Sou de um Sistema de Governo mais moderno, o Colaborismo. O que sei quero compartilhar, colaborar com outras pessoas. Não sou forjado em batalha, sou construído em redes de saberes.

Aliás, aprendi que as Pátrias... o orgulho nacional também é excludente... se seu país é melhor que o meu, em algumas coisas ele também é pior. No Colaborismo, não há pátrias ou nações... mas sim pessoas que querem colaborar para uma humanidade melhor.

O problema no Brasil é que somos Educados vendo exemplos do que não devemos fazer... Independente do Governante.
(Será mesmo no Brasil ou no mundo todo...?)

Não existem mais tantos heróis como antes... Precisamos de verdadeiros ídolos... quero pessoas falhas, mas que inspiram! Quero você, que é meu amigo ou conhecido, mudando sua realidade através da sua colaboração; compartilhando o que você sabe com pessoas que sabem/tem menos do que você. Adoro existir e me conectar nesta miríade de redes que estão a nossa volta o tempo inteiro.

Os nossos heróis, aquelas pessoas que verdadeiramente fazem a diferença hoje, estão presentes ao nosso lado.

Os meus heróis são vocês...

Em quais bodas você está?!

Peguei algumas tabelas de diferentes lugares e compilei tudo em um só lugar. A referência de cada uma das bodas de um casal, do ano 1 ao 100.

1 Bodas de Papel
2 Bodas de Algodão
3 Bodas de Trigo ou Couro
4 Bodas de Flores e Frutas ou Cera
5 Bodas de Madeira ou Ferro
6 Bodas de Perfume ou Açúcar
7 Bodas de Latão ou Lã
8 Bodas de Papoula ou Barro
9 Bodas de Cerâmica ou Vime
10 Bodas de Estanho ou Zinco
11 Bodas de Aço
12 Bodas de Seda ou Ônix
13 Bodas de Linho ou Renda
14 Bodas de Marfim
15 Bodas de Cristal
16 Bodas de Turmalina
17 Bodas de Rosa
18 Bodas de Turquesa
19 Bodas de Cretone ou Água-marinha
20 Bodas de Platina
21 Bodas de Zircão
22 Bodas de Louça
23 Bodas de Palha
24 Bodas de Opala
25 Bodas de Prata
26 Bodas de Alexandrita
27 Bodas de Crisopázio
28 Bodas de Hematita
29 Bodas de Erva
30 Bodas de Pérola
31 Bodas de Nácar
32 Bodas de Pinho
33 Bodas de Crizo
34 Bodas de Oliveira
35 Bodas de Coral
36 Bodas de Cedro
37 Bodas de Aventurina
38 Bodas de Carvalho
39 Bodas de Mármore
40 Bodas de Rubi ou Esmeralda
41 Bodas de Seda
42 Bodas de Prata Dourada
43 Bodas de Azeviche
44 Bodas de Carbonato
45 Bodas de Platina ou Safira
46 Bodas de Alabastro
47 Bodas de Jaspe
48 Bodas de Granito
49 Bodas de Heliotrópio
50 Bodas de Ouro
51 Bodas de Bronze
52 Bodas de Argila
53 Bodas de Antimônio
54 Bodas de Níquel
55 Bodas de Ametista
56 Bodas de Malaquita
57 Bodas de Lápis Lazuli
58 Bodas de Vidro
59 Bodas de Cereja
60 Bodas de Diamante ou Jade
61 Bodas de Cobre
62 Bodas de Telurita
63 Bodas de Sândalo ou Lilás
64 Bodas de Fabulita
65 Bodas de Ferro
66 Bodas de Ébano
67 Bodas de Neve
68 Bodas de Chumbo
69 Bodas de Mercúrio
70 Bodas de Vinho
71 Bodas de Zinco
72 Bodas de Aveia
73 Bodas de Manjerona
74 Bodas de Macieira
75 Bodas de Brilhante ou Alabastro
76 Bodas de Cipreste
77 Bodas de Alfazema
78 Bodas de Benjoim
79 Bodas de Café
80 Bodas de Nogueira ou Carvalho
81 Bodas de Cacau
82 Bodas de Cravo
83 Bodas de Begônia
84 Bodas de Crisântemo
85 Bodas de Girassol
86 Bodas de Hortênsia
87 Bodas de Nogueira
88 Bodas de Pêra
89 Bodas de Figueira
90 Bodas de Álamo
91 Bodas de Pinheiro
92 Bodas de Salgueiro
93 Bodas de Imbuia
94 Bodas de Palmeira
95 Bodas de Sândalo
96 Bodas de Oliveira
97 Bodas de Abeto
98 Bodas de Pinheiro
99 Bodas de Salgueiro
100 Bodas de Jequitibá ou Cânhamo

Her - Um Filme Sobre Nossos Relacionamentos de Hoje e Amanhã

Uma dica de cinema sempre vai bem e esta é uma que preciso compartilhar. Tive a oportunidade de assistir o filme “HER - ELA” com Joaquin Phoenix e Scarllet Johansson dirigidos por Spike Jonze e foi uma feliz surpresa. Quando li a resenha do filme, percebi que queria assisti-lo, mas a experiência foi muito melhor.

O filme trata do relacionamento entre um homem e seu novo Sistema Operacional, que possui a habilidade de sentir e perceber as necessidades do seu usuário; uma relação entrópica em que ele acaba se apaixonando por ela (o SO possui voz feminina) profundamente.

Ao assistir o filme, pude perceber um drama com as características tradicionais do cinema, mas com um volume muito mais denso de questionamentos. Se “City of Angels - Cidade dos Anjos” trata de perda e do relacionamento de pessoas, de almas gêmeas com raças diferentes, ceder em nossas atitudes e sobre perda; “HER” consegue fazer o mesmo com um homem e uma máquina.

Para mim o filme pareceu bastante denso e acho que vou assisti-lo mais algumas vezes por que muitas questões surgiam na minha mente enquanto estava imerso nele. Pensei nos meus relacionamentos, imaginei um futuro próximo e totalmente palpável, mas para muitos pouco palatável.

Hoje nossos relacionamentos estão muito mais constantes com os nossos PCs do que com as pessoas de carne e osso que amamos. Conte nos dedos quantas horas você passa no seu computador e compare com as horas de qualidade em que está com pessoas; é fácil perceber a diferença de atenção que temos, e principalmente a diferença de foco em cada um destes. Tenho certeza que se seu SO tivesse voz, você estaria conversando com ele agora sobre isto.


Podemos ver no filme uma realidade não muito distante em que a forma com que utilizamos os computadores irão mudar; cada vez menos teclados e mouses… cada vez mais voz e o toque. Som e tato é como nos relacionamos com humanos. A conexão humano-computador está cada vez mais perto da humano-humano. 

Fiquei bastante incomodado com o que vi, de uma forma boa. Vi o que está acontecendo hoje e o que vai acontecer amanhã. Estou preocupado em como será a aceitação das pessoas no futuro. Todos somos de alguma forma mesquinhos em relacionamentos, por mais que pensemos no outro. Eu tenho a dificuldade de tanto pensar em fazer o bem para o outro que esqueço de perguntar o que esta pessoa quer, fazendo-me pensar mais mim do que nela por isto. No filme (nada de spoillers eu prometo!) este lado mesquinho dos companheiros aparece.

Quão grande é a sua capacidade de amar e ceder? Pense nisso ao ir para os cinemas ver este drama que mexeu profundamente com a minha cabeça. Tenho absoluta certeza que muitos sairão horrorizados do filme, sentindo asco de todos os personagens. Veja o filme com os olhos, sinta no coração e analise com lógica. Um drama em que a lógica é colocada lado a lado com a paixão e o amor. “HER” não é uma ficção científica ou um filme tecnologia; ele é bastante sensível incorporando recursos tecnológicos no dia a dia dos protagonistas e nos diálogos, mas ele fala sobre comunicação e conexão. Até Carl Sagan é citado de maneira cotidiana!

Estou escrevendo esta pequena nota uma hora após tê-lo assistido e a digestão dele com certeza ainda não acabou. Percebo um filme similar a “Eternal Sunshine of a Spotless Mind - Brilho Eterno de Uma Mente sem Lembrança”, que encanta, intriga e incomoda o espectador. Você pode ama-lo, odia-lo, nunca mais desejar vê-lo, mas certamente terá algo que este filme fará com sua vida, basta querer verdadeiramente assisti-lo e absorve-lo.


O que eu disser daqui para frente será spoiller, portanto por aqui pararei. Assistam e repensem seus relacionamentos. Cedam antes que seja tarde demais.

Espólios de Batalha - #cpbr7

Ontem foi o primeiro dia oficial da Campus Party Brasil 2014, e como sempre, o evento trouxe muitas surpresas, novidades e muito conteúdo.

[em um próximo post publico fotos e falo sobre Bruce Dickinson, Marcelo Pimenta, conexão 40 gb, nerdices e mais]

Neste momento quero comentar sobre uma grata ferramenta que conheci no evento, o CrowdMobi, um app apoiado pela associação PROTESTE que avalia a qualidade de sinal das operadoras de celular. Neste aplicativo, a análise não é feita somente a varredura da sua operadora, mas sim de todas as conexões disponíveis naquele momento. Se você possui a operadora T, além de ver o que ela está entregando de serviço para você, é possível avaliar às concorrentes C, O e V, por exemplo, publicando o resultado nas redes sociais.

No meu caso, esta é a situação do meu sinal atualmente. via #CrowdMobi(http://goo.gl/yspNw)

Pode-se ver que no meu caso que estou sem internet banda larga em casa porque acabei de mudar, jamais conseguirei usar meu modem Vivo... O que é a mais pura verdade...

Achei importante escrever sobre isso porque ontem em aula falei com os alunos sobre inovação e surgiu a ideia de criar um app social de denúncias. O CrowdMobi tem esse papel tratando-se do péssimo serviço que recebemos de telefonia celular e ainda gera provas para os usuários poderem defender-se. Podemos ver o que estamos recebendo de serviços das nossas operadoras.

Criar apps para engajamento hoje é uma forma interessante de inovação. E você leitor? Como você uniria estes conceitos: inovação, engajamento social e protesto em um produto ou serviço?

Precisamos mesmo de "Dia dos Professores" ?!

Charles Sanders Peirce
#meInspira
Lendo C.S.Peirce pensei em como todos somos Signos, e como tal vivemos a eterna tríade signo, objeto e interpretante... Somos signos que geram infinitos objetos para serem interpretados...

E foi assim que virei professor... e hoje separo estas poucas linhas para homenagear aqueles que me inspiraram a chegar aonde cheguei... são tantos mestres mágicos que tocaram minha vida... alguns um pouco distantes, na verdade sequer os conheço fisicamente, mas seus textos fizeram a construção do meu eu... Desde os primeiros pintores rupestres que começaram a ensinar suas crias, passando pelos filósofos, homens da ciência, artistas todos os que tive contato, mesmo sem às vezes compreende-los por completo, moldaram-me.

O que falar então dos meus mestres que além de tocar o coração, tocaram também meus olhos, ouvidos e tato? Àqueles que tive contato síncrono e fizeram-me perceber a importância de estar vivo e ao lado das pessoas. Seja na escola, seja fora dela, tento aprender diariamente com todos vocês.

Somos todos Signos, assim como somos todos professores se eu posso ensinar algo, é por que alguém um dia me ensinou...e continuo à aprender todos os dias com vocês com quem convivo, seja virtualmente ou fisicamente.

Hoje é um dia único, a comemoração do dia dos professores... Mas será que precisa de um dia para isso se todos somos docentes?

Devemos na data de hoje celebrar o Compartilhamento de Experiências e de faíscas de vida.

Eu não quis citar nomes aqui... Vocês todos são muito importantes...!

E para encerrar meu textinho por aqui, lembro um professor e amigo que me ensinou o por que estou nesta vida enquanto eu fazia palhaçadas ao seu lado...

"Meu motivo de viver é influenciar e inspirar positivamente, nem que seja por alguns segundos, àqueles que tenho a oportunidade de ter contato."

O que é um Relacionamento?


Acordei pensando nisso hoje. O que é um relacionamento?

Quem é da área de exatas pode pensar que estou me referindo à modelagem de banco de dados relacionais ou como deve ser feito o relacionamento entre tabelas com chaves primárias e estrangeiras... mas não é isso.

Eu acordei pensando em o que é ter um relacionamento com uma pessoa. Temos diversos tipos de relacionamento, já que como ser humano somos seres sociais e relecionar-se faz parte da nossa essência; o que temos com nossos pais é um relacionamento que envolve paixão, devoção, raiva, ódio, amor e elo genético; temos também o relacionamento dos amigos que é muito baseado em confiança; podemos ter o relacionamento de colegas de trabalho que envolve muito respeito.

Só que eu quero falar sobre o relacionamento com uma outra pessoa, o relacionamento entre casais, não importa qual seja sua configuração de gênero.

Um relacionamento a dois envolve um pouco de todos os relacionamentos que você tiver na vida, ele é um grande turbilhão que passa por sentimentos intensos e suaves, bons e ruins, depressivos e alegres. Um casal deve possuir os dois melhores amigos de todo o mundo, muito amor, respeito, um pouquinho de ciúme, desejo, paixão, confiança, respeito... e por aí vai.

Em um relacionamento onde existe um casal, tudo pode, tudo existe, mas acredito que o que realmente faz a diferença é conexão entre estas duas pessoas, o incrível elan que existe na vontade de cuidar do outro, querer o melhor para o parceiro e desejar profundamente estar ao lado daquela pessoa não importa qual seja o motivo ou situação.

Tenho uma enorme sorte de ter conhecido a mulher que junta todos estes traços e características, aquela que mesmo estando longe e abrindo um grande talho de saudade no meu peito, quero ficar sempre ao lado dela. É muito mais do que físico. São duas almas que um dia foram separadas e tiveram a sorte de se encontrar.

Fiquei durante muito tempo perdido procurando aquela pessoa que me completaria, aquela que seria meu oposto, mas que quisesse andar ao meu lado... muito mais do que isso... eu fosse seu oposto e EU quisesse andar ao lado dela. Somos duas pessoas que juntas formam alguém muito melhor.

Obrigado pela chance de mudar o mundo para melhor ao seu lado Herika. Estamos 13 anos juntos, os primeiros treze anos de uma vida que só me faz bem.

Eu te amo demais!